Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Breath

Breath

24
Mar17

Viver o momento


Tenho que confessar que desde que me conheço sempre fui stressada e ansiosa. Sempre. Desde os meus cinco anos que isto já acontecia só que eu ainda não sabia o que era. Agora percebo o que afinal eram aqueles sintomas (mas isso não é o tópico de hoje).
Hoje, percebo que nem sempre aproveitei da melhor maneira a vida e a “culpa” era desta tal ansiedade.
Desde à uns tempo atrás que comecei a prometer a mim mesma que isto não podia ser desculpa para eu não fazer as coisas. Então foi desde aí que comecei a olhar para as coisas de outra maneira. Percebi que não devia deixar de fazer uma coisa só porque existiam 10000 razões para não o fazer. Mudei portanto. E gosto desta nova versão de mim.
A nova Sofia, faz as coisas com sentimento e com paixão, sem pensar muitos nas consequências. Faço as coisas porque me apetece genuinamente fazê-las. Um exemplo disso, é agora a quantidade de vezes que acabo por dizer sim, coisa que até à uns meses atrás excluía logo.
Querem um exemplo em concreto? Ontem começou a nevar na minha residência universitária, coisa que já não acontecia à imenso tempo no centro. A criança que existe dentro de mim apoderou-se completamente do meu ser. Conclusão, acabei por sair para a rua, ainda de robe, nada protegida e fui “brincar” com a neve. Toda a gente se riu da minha reação, mas eu sinceramente não me importei. Estava verdadeiramente a aproveitar o momento. E soube-me tão bem. Estava genuinamente feliz naquele momento. Posso ter passado por criança? Sim, completamente, no entanto estava bem. Estava relaxada e feliz.

É assim que gosto de me sentir: livre, relaxada e feliz. 
Que vejam mais momentos assim!

11908306_945626678817398_1449218285_n (2).jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo